Como surgiu o movimento …

Dar resposta às milhares de vozes que ecoaram ao final da 1ª Caminhada do Silêncio – realizada em São Paulo (SP), em 2019 – contra a violência perpetrada pelo Estado brasileiro durante a ditadura militar.

É para realizar este objetivo que existe movimento “Vozes do Silêncio contra a Violência de Estado”, que busca preservar a memória e revelar a verdade para evitar que se repitam as violações de direitos humanos cometidas durante o período ditatorial e garantir que novos episódios não ocorram frente ao atual contexto político.


Este ano de 2020, em meio à crise do #Covid19, a caminhada foi transformada na VIGÍLIA PELA DEMOCRACIA

Acompanhe também pelo FACEBOOK

TODO DIA, PRESENTE!

Nilton Rosa da Silva

No dia 15 de junho de 1973, morreu, em Santiago/Chile, o jovem poeta Nilton Rosa. Gaúcho, exercia militância política desde a adolescência. Em 1971, com endurecimento do regime ditatorial brasileiro, exilou-se no Chile, onde segui com suas atividades de resistência. Dedicou-se ao teatro e à poesia, tendo publicado uma obra relevante:, o livro Hombre daContinuar lendo “Nilton Rosa da Silva”

Sequestro do ônibus 174

No dia 12 de junho do ano 2000 aconteceu um episódio que paralisou o país. Sandro Barbosa do Nascimento, sobrevivente da Chacina da Candelária, sequestrou o ônibus da linha 174 por quase 5 horas. Em razão desse sequestro, ele a professora Geísa Firmo Gonçalves, que estava grávida de dois meses, acabaram mortos. Sandro não chegouContinuar lendo “Sequestro do ônibus 174”